quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Sei que sumi, mas estou VIVA


Olá, amigos.

Desculpa o desaparecimento, mas é que com aulas em tempo integral e ainda sofrendo com o fuso, depois de 5 meses longe, fica dificil achar tempo pro Blog, só tenho tempo para postagens pequenas no Twitter e no Facebook.

Bom, não vou me estender muito aqui também. Vancouver é linda, quando está sol, o que é difícil. Fui há algumas lojas que vendem gibis e bonequinhos, e estou preparando um post guia para os nerds que estiverem afim de visitar essa parte do Canadã! =P

No mais, só postarei algumas fotenhas de aquisições e de coisas nerds que vi por aqui.


Ainda compro esses bonequinhos!


Começo da temporada a Cidade toda estava no aguardo!



Primeira Aquisição, no dia seguinte que aterrissei.




Cadê meu HEADPHONE????!!!!

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

As férias estão acabando...

E eu nem fiz muito por aqui, na roça... Eu deixei um pouco da nerd que está dentro de mim sair, e bem, ela se recusou a sair de dentro de casa por quase 30 dias, eu meio que quando deixo ela sair, ela adquiri uma aversão enorme a raios solares e a pessoas. Todas as pessoas(lol).

Então o que eu fiz, alem de comer, pouco diga-se de passagem, e ficar a toa na internet foi:

1. Tentei ler gibis, e achei coisas bem legais na minha coleção, que eu já tinha lido e que tinham ido parar no fundo do armário, que eu ainda não arrumei (=P)... Os gibis? Batman, Gotham City Contra o Crime, e OMG, são ótimos! Eu parei no 5º, ainda vou ler ele e o 6º, mas eu admito que não faço idéia de o porquê meu namorado me deu isso... Os gibis são muito bons. Eu recomendo veementemente se você tem um sebo de confiança perto de casa ou ainda um site, depois de toda essa caça as bruxas, em que consegue adquirir isso em scan.

O melhor de todos é o segundo, no qual é revelado um segredo da policial Renne Montoya e o terceiro onde encotramos mais uma vez com o Coringa, que eu particularmente AMO (S2). Ele é o melhor vilão do Batman, e eu sinto muito que ele tenha sido tão mal caracterizado em Batman- The Dark Knight (#EUSOUDOCONTRA).

Batman para PREFEITO HUAHUAH

2. Li um livro... Melhor, comecei a ler, e provavelmente não terminarei até o dia da viagem, o que vai fazer com que eu o leve comigo.

O livro?
O Evangelho Segundo Jesus Cristo, de José Saramago. Depois de anos ouvindo que ele era um bom escritor eu comprei o livro, esperei ele morrer, eu não ter mais o que ler e comecei, meio relutante, pois já havia spoliado o livro vendo que ELE NÃO TEM PARÁGRAFOS!! o_O

Bom, fora isso e a linguagem rebuscada, eu estava com a mínima vontade de lê-lo, mas acabei cedendo, afinal que mal ia fazer? E tem que eu já sei o final do livro mesmo, vamos ver se a história muda... O que posso dizer que é que o livro é Ok, nada demais, nada de menos, passa o tempo e me dá sono, o que é bom, pelo menos não durmo tarde. (=P)

3. Li mais GIBIZ! Dessa vez
Fables - Vertigo, ou se preferirem Fábulas, como a Panini tem lançado por aqui, e pelo que parece está caminhando relativamente bem. E tenho que admitir ODEIO o Gepeto, mas vocês só saberão porquê se lerem também. É uma otima trama, eu li quase toda em scan, ainda falta 20 e poucos para chegar nas publicações mensais, e isso realmente prendeu a minha atenção. Traduzidas tem até a #82 (acham aqui), o resto tem que ser no inglês mesmo e só caçando muito torrent e no rapishare, porém, vale a pena.

Melhor capa EVER! E a história muito BOA também!


4. Por fim, eu revivi a minha infância (pré adolescência), assistindo Blossom. Era meu programa preferido e posso dizer que continua sendo.
Achei um canal no Youtube,
Blossofanchannel, que tem todas as temporadas, em inglês não legendado, mas apesar disso, vale a MUITO a pena.



Amo muito ela!!!
Esse é um resumão do que tenho feito. Acho que só voltarei a postar de terras distantes, mas manterei os informados das minhas crises de TPM pelo twitter.

Bjus,

@nerddetpm.

domingo, 1 de agosto de 2010

Canada asap!


Vancouver - BC, é pra lá que eu vou!

Então, só para os curiosos de plantão, qeu não lêem o meu twitter, rs.

A minha viagem pro Canada está proxima, mais um mês e alguns dias no Brasil.


Meu pedido de visto foi aceito e as coisas estão indo bem, só falta mesmo a recisão do meu contrato, e ai terei uma graninha para passear etc.

Como eu fico um ano lá, como estudante, eu tive que pedir demissão. Trabalharei também por lá claro, mas estou sinceramente pensando em mudar de area, vamos ver como será...

Juro tentar ser o mais frequente possível com meus posts... Acho que no próximo mês terei até um pouco mais de assunto, vou estar de volta a casa dos meus pais então, terei todas as minhas revistas em quadrinhos a disposição!


E claro, postarei aqui fotos das comic shops que eu visitar por lá! Será muito bom comprar quadrinhos da DC no Canada, são mais caros que nos EUA, mas ainda assim, mas baratos que os brasileiros da Panini.

Para quem quiser mais informação sobre a minha viagem é só postar um comentário, eu posso ajudar quem quiser informações sobre intercambio e tudo mais.


Bjusm'sigam,

@nerddetpm.

sábado, 26 de junho de 2010

We are all Strangers in Paradise

E eis que eu volto a vida.

Depois de tanto pensar no que dizer e como dizer eu volto a postar. E espero que não demore muito mais tempo pro próximo post.

Quando eu comecei a ler quadrinhos, efetivamente, me lembro de um amigo, me indicando de leitura os quadrinhos aldutos, e não tão pesados mesmo com essa classificação, "Estranhos no Paraíso". Ainda me lembro de que a internet não tinha tanta banda (na verdade a minha era discada) e que nem maneiras de procurar imagens e muito menos sites e blogs que tratavam de quadrinhos como hoje. O que me fez ficar na eterna espera de um dia eu me mudar da roça e conseguir encontrar um número desse gibi em um Sebo da vida.O que eu digo para vocês que demorou consideráveis anos de espera, mais ou menos uns 6.

Porém, tanta espera valeu a pena. Os desenhos e a história eram, e são, fantásticos.

Há quem discorde, há quem pense que Terry Moore deveria ter se resignado a simples função de desenhista B da Marvel, mas sua aventura como autor trouxe muito mais elogios que críticas.

Baseado nas histórias de duas amigas, Francine e Katchoo; onde Francine tem Katchoo como melhor amiga e Katchoo tem Francine como seu objeto de desejo; sim, ela é apaixonada pela amiga; Estranhos no Paraíso, por mais clichê que possa parecer, é um quadrinho lido em grande parte pelo publico masculino, porém, muito admirado também pela mulheres.

Além das protagonistas, ainda têm personagens satélites, que, volta e meia, aparecem em situações intrigantes nas histórias. Como David, que é amigo das duas, e apaixonado, perdidamente, por Katchoo (?) e Casey, que é apaixonada por David.

E vocês me perguntam: E Francine, é apaixonada por alguém? Bom, ela foi por um ex-namorado, que bom, como toda boa "novela" trocou ela por outra mulher, mais jovem e mais magra. O que a leva a loucura, e de volta a Katchoo, que tenta, sem sucesso, matar o canalha(spoiler demais!#shutup). Além de tudo isso, bom, ela ama Katchoo, mas não assume, por que?
Porque ela não quer ser apontada na rua pelas pessoas, e porque ela quer um "Sonho Americano", casa, filhos, marido, cerca branca, gramado verde...

Resumindo: Casey ama David, que ama Katchoo, que ama Francine, que não sabe o que quer da vida.


David tentando acalmar os nervos da TPM

Mas, isso não é uma novela, é quadrinhos! E os conflitos são da melhor qualidade!

Capa do primeiro gibi da série

A série foi iniciada em 1993 e terminada em 2007 (mais de 10 anos de SUCESSO),praticamente publicada independentemente e desenhada em preto e branco, traz temas polêmicos, mais que as novelas de Manoel Carlos, e uma boa dose de humor. Desenhos que mostram mulheres de verdade, com todos os seus quilinhos a mais e suas crises existênciais e tpms, nada de Maitera ou Radical Chick!

Terry Moore não esteve sozinho nessa empreitada de anos de estrada, ele teve ajuda de desenhistas e autores louvados pelos afixionados em quadrinhos, como Jim Lee, Kurt Busiek and James Robinson. E tudo isso lhe rendeu o Eisner de Melhor Serie de Quadrinhos em 1996, como "I Dream of you", o segundo volume da Série.


Terry e suas queridas Katchoo e Francine

Infelizmente a publicação foi meio ruim aqui no Brasil. A Ed. Abrirl foi uma das primeiras a publicar, seguida da Ed Pandora e por fim a HQManiacs. Ou seja, formatos e papéis diferentes e também por consequência traduções. Bom, pelo menos alguma coisa veio pra cá...

Além dos quadrinhos, que conta com 106 capitulos, teve também a série em formato de livro (romance), exatamente 4 livros, com capas bem bonitas.



Capa BONITA!!!

Estranhos no Paraíso é uma ótima leitura, como diriam alguns amigos meus: pra se ler no banheiro, mas ainda sim muito involvente. Super recomendo!
Bjusm'sigam,


Post NOTE:

Nesse site: http://www.strangersinparadise.com/issues.html há tudo o que se possa saber sobre Estranhos no Paraíso.


terça-feira, 18 de maio de 2010

Segunda, Cinema e Pipoca.

A vantagem de se folgar nesse dia é que a maioria dos cinemas faz promoções para matinês, e assistir um filminho novo no cinema sem dor na consciência e no bolso é bem melhor do que ficar em casa vendo Sessão da Tarde.

Nas minhas últimas folgas na cidade de Campinas, fiz questão de ver filmes no Cinemark, e filmes que divertissem e fossem de alguma relevância.

O primeiro: Homem de Ferro. Um bom filme, quase tão bom quanto o primeiro, uma obra muito bem feita, baseada o mais perto possível dos quadrinhos. O humor e a arrogância de RDJr são elementos mais que necessários e admiráveis na produção.

Tudo bem que o "Chicote" não ficou lá o que muita gente esperava, mas mesmo assim o filme rende boas emoções. Como o FIM depois dos créditos. ;) E o escudo do América, uma boa sacada.

Samuel L. Jackson não falando F* toda hora é incrivel, você sai do cinema imaginando: "Como ele conseguiu?".

Ah sim, não esquecendo da trilha sonora! ACDC!!!!\o/

Todas as cenas valem a pena, até se fosse para pagar mais que R$3.50, mesmo que no meu conceito o Homem de Ferro ainda seja o maior CUZAOFILHODEUMAQUENGA da face do Multiverso Marvel.

O Segundo: A Hora do Pesadelo.Freddy Kruger já me deu mais medo, é isso que eu posso avaliar do filme. Ele tem cenas de susto, mas nada que faça uma criança mijar na cama por causa de um pesadelo. Ele não é de perto o que o primeiro filme foi. Freddy é posto na história como um "aliciador" de criancinhas e sai matando eles quando são adolescentes por vigança (?).

Muito da antiga franquia foi mudado, o que me faz imaginar que não irá perdurar tanto quanto os outros filmes, isso foi realmente para enterrar a lenda dos pesadelos.

Sinceramente, podia ser melhor, e o ator também não foi uma das melhores escolhas, a unica coisa que faz o filme compensar é o final, Freddy nunca morre, então nunca brinquem com fogo antes de dormir ;)

Bjusm'sigam,

@nerddetpm.

terça-feira, 4 de maio de 2010

Continuando da onde parei...

Falavamos, há muito tempo, sobre Faroeste.

Pois então, o tempo passa e um pouco da inspiração também, mas hoje está tudo na minha mente, tangivel. Então vamô que vamô! =P

Como disse anteriormente, meu personagem do Velho Oeste Americano é Billy - The Kid. Acho que deve ser de muitos tios e avôzinhos por ai, mas nem ligo.


Billy get your guns! \o/



Uma das minhas adaptações favoritas é a que os irmãos Emilio Estevez e Charlie Sheen trabalharam e a sua continuação: Young Guns e Young Guns - Blaze of Glory; a segunda chegando bem perto da história de Pat Garret sobre seu triunfo sobre Kid.

Blaze of Glory tem uma ótima trilha sonora, atual, de filme de velho oeste, composta e interpretada por Jon Bon Jovi (ele sozinho sem a banda).

E além de todas essas qualidades ainda temos a adaptação para quadrinhos publicada pela Marvel ( que no Brasil só é encontrada em Scan).

Outro cowboy, ou melhor, Pistoleiro muito conhecido é Roland Dechain. Stephen King criou o seu épico, recheado de fantasia e de muita virilidade e romance do velho oeste, mas só funcionou nos livros... Os quadrinhos, muito bem desenhados e coloridos(Jae Lee e Richard Isanove*), são um fracasso de adaptação. Peter David já foi melhor, muito melhor. Mesmo assim, quem quiser conferir, por diversão ou curiosidade, é recomendável que baixe os scans, ou se quiserem estou vendendo os meus primeiros publicados pela Panini =P, que tiveram uma periodicidade horrível, e a continuação tem sido quase tão ruim quanto.

Nhé, achei cafona u.u



Falando em Editoras, uma das que mais exploram esse tipo de literatura é a Bonelli**, editora italiana de muito prestígio. Além de Tex, publicado pela Mythos aqui no país, ainda tem O Mágico Vento e Zargor. Leituras de velhinhos e pedreiros, mas se tiverem cuiriosidade, são fáceis de achar em qualquer livraria e banca de jornal ou sebos, claro menos O Mágico Vento.



Belo presente pro dia dos Pais. =P



Bom, esse é um resumão do que eu conheço de quadrinhos de velho oeste, filmes e música.

Não estou habilitada a falar de Clint Eastwood, por mais que eu queira, um dia ainda faço um laboratório de um mês sobre ele, e posto minha conclusão. =P

Bjusm'sigam,

@nerddetpm.


* Os dois tem mais trabalhos premiados pela Marvel, um deles a venda por causa da penultima produção cinematrográfica da casa de Idéias, Wolverine - A Origem.

** Errata - No meu post sobre Dylan Dog eu disse que a editora Conrad não publicou mais o quadrinho porque havia sido apenas uma mini, segundo as minhas informações, mas o
@cassiusmedauar, me disse que na verdade como eles não tiveram muita venda, a Conrad decidiu parar com os que tinha publicado e a Mythos acabou comprando os direitos de publicação.

terça-feira, 16 de março de 2010

Pra quem gosta de Faroeste.

Esse post é dedicado a todo pai, principalmente o meu, que adora filmes de faroeste. =P


E eu irei pro partes, já que é muito material e eu ainda tenho uns posts especiais que prometi... E claro teremos tempo para esclarecer duvidas e dar mais ênfase a algum assunto que deixei passar.


Começando...:


1.) Lendas

O meu personagem favorito das histórias de faroeste é real, ele existiu e foi a maior lenda de todos os tempos do E.U.A., Billy, the Kid, William Bonney.


Os meninos da Vila ficariam intrigados.


Morto por um de seus "amigos", Billy foi o herói que atravessou o Atlântico e se tornou famoso como um selvagem garoto do oeste americano, um Robin Wood do novo mundo, etc, etc... Mas ele não era mais que um MULEKE travesso com duas winchesters nas mãos, o que lhe rendeu muitas histórias, em sua maioria fantasiosas.

Outro cowboy muito famoso foi Wild Bill Hickok, que apesar da fama como um dos caras maus, era mesmo um homem da lei, muito respeitado como xerife.


Bello Mustache! ={



Além desses ainda temos Pecos Bill e Pat Garrett, o assassino de The Kid.

2.) Quadrinhos

Feliz Pácoa!



O Vigilante - Um dos sete soldados da vitória. Personagem da Era de Ouro no quadrinhos, ele combatia o crime sem tolerâncias no Oeste da América. Lutou ao lado de importantes figuras como Tio Sam, o Cavaleiro Alado e muitos outros. É um personagem cheio de personalidade e muito divertido de ler, apesar de não se achar mais revistas solo dele.




O cara mau.

Jonah Hex - um dos caras maus, mas na verdade um cara bonzinho... Confuso, não? Jonah é um caçador de recompensas, seu gênio forte e cinico lembra muito um certo inglês conhecido de muitos. Suas histórias sempre cheias de muito sangue e tiroteio, merece ser lido, e mais recentemente, deve ser prestigiado pelo filme que está sendo produzido, com as bençãos da eidtora que detém os seus direitos de publicação, a DC Comics.



Raio Silver

TEX - O amado do meu namorado... Um cowboy italiano (??? oO)... Tex é uma publicação da Bonelli editore, uma empresa de fazer quadrinhos Italiana, vende muito aqui no Brasil, tendo inclusive seu próprio forum, o TexBR. Leitura de muitos avós, mestres de obras, e namorados com gosto para leitura duvidoso.


Ai, ai... S2

Cowboy Bebop - Depois do sucesso do anime, foram lançadas duas séries de mangás do melhor desenho de faroeste do mundo todo. Aqui no Brasil está fora de circulação, só sendo encontrado em sebos e sites especializados. A editora responsável pela publicação e destribuição foi a amada (argh!) JBC.

(Próximo post: Zorro, Blaze of Glory, A torre Negra)
Bjusm'sigam,